🚩 Extraordinário é um mais que um romance, é uma conquista



Stephen Chbosky ficou famoso com o retrato dos sentimentos juvenis quando nos apresentou 'As Vantagens de Ser Invisível'. Sendo o autor e o próprio roteirista e diretor da adaptação, Stephen conseguiu ganhar o coração dos jovens apaixonados pela sua narrativa e então, este ano, chega 'Extraordinário' para confirmar que ele pode adaptar obras de outros autores e transformar num amor infinito.

Wonder consegue fazer você pensar mais no seu redor. Você sente vontade de abraçar os amigos e os familiares. É um filme cheio de coisas previsíveis, que muitos acham ultrapassado, mas que é arriscado para quem produz. E do modo que foi produzido, conseguiu ir além do seu objetivo. Como o diretor já havia se mostrado um artista extremamente sensível no trato com as pessoas que se sentem excluídas ou diferentes, não foi tão difícil assim a tarefa de contar a história de um garotinho que nasceu com o rosto deformado e que encara pela primeira vez uma escola.

O romance está completamente presente, mas no filme, tudo se torna mais profundo. Podemos pensar que é um filme solo de Auggie, mas vemos vários pontos de vista  como de sua irmã, e de alguns amigos próximos.

Claro que o sofrer de Auggie é diferente, ninguém quer estar na pele dele, mas ao mesmo tempo é muito bom a gente chegar até o final e ver o seu sentimento de gratidão, depois de ter passado por uma trajetória muito difícil numa escola que o recebeu principalmente com bullyings, mas depois com as amizades e as conquistas.

Concluo que Extraordinário é um mais que um romance, é uma conquista. Uma coisa que nos faz lembrar é o quanto as amizades nos deixam mais fortes, o quanto estar sozinho ainda é muito difícil, principalmente para quem é criança ou adolescente. Você se sente mais forte quando você sabe que tem um amigo (ou amigos). E o filme trabalha de maneira muito pungente essa questão da amizade, ou o quanto é doloroso se sentir traído por um amigo ou uma amiga.

Compartilhe:

2 comentários

  1. Gostei do que escreveu, eu achei o filme muito bom, espero ler o livro em breve.
    https://literariadiversao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! O filme é realmente muito bom e o livro é mais ainda.

      Excluir