💬 Resenha #4 | Harry Potter e a Pedra Filosofal


Harry, um garoto comum de 11 anos, vive com os tios - Válter e Petúnia - e com o primo Duda. Convivendo em uma ambiente péssimo, nunca teve um momento mágico na vida já que os tios sempre o tratam mal, assim como era o saco de pancadas do primo. Usava as roupas velhas de Duda e nunca comemorou seu aniversário de forma decente até que um dia tudo mudou.

Diversas cartas foram endereçadas ao jovem que dormia no armário sob a escada, mesmo assim não podia ler. Tio Válter sempre as pegava e rasgava tentando esconder seu conteúdo. A curiosidade de Harry estava alta. Que segredo será esse? Porque não poderia saber?

"Os inocentes são sempre as primeiras vítimas.
Foi assim no passado, é assim agora."
- Ronan na Floresta Proibida.

A verdade vem à tona quando Hagrid invade o casebre no qual estavam tentando se esconder. Harry é um bruxo. A cicatriz tem sua história de amor e ódio. Descobrira que sua mãe morrera para lhe proteger mas, o jovem foi o único a sobreviver ao ataque sanguinário de Lord Voldemort que agora estava morto.

"Não faz bem viver sonhando e se esquecer de viver, lembre-se."
- Alvo Dumbledore

Na verdade, ele estava buscando algo para se reerguer, matando seres puros para tentar sobreviver. Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado e Harry Potter estão a procura de uma coisa única e incomum: A Pedra Filosofal.

A série é um marco em minha vida já que virei #bookaholic graças a este lindo universo. O livro é ótimo, muito bem escrito e com todo aquele momento filosófico de J. K. Rowling nas frases de Dumbledore. É um livro para todas idades e para qualquer momento.

Algumas pessoas acham a leitura massante, para mim não foi. Cada pessoa tem seu tipo de escrita/leitura favorável ao seu gosto, que não se discute. Outros ficam ouriçados quanto o conteúdo ter uma semelhança com "Os Livros da Magia" de Neil Gaiman e apenas continuando ignorando. Seja livre para pensar o que quiser, mas justifique isso para que não dê a abertura de ler pelo menos o primeiro livro da saga.



Harry Potter e a Pedra Filosofal
J. K. Rowling
Tradução: Lia Wyler
223 Páginas
Gênero: Fantasia/Ficção
Junho/1997

Compartilhe:

0 comentários