//// Isso apenas uma fase que você vai superar...


Stephen Wrabel, mais conhecido por seu nome artístico Wrabel , é um músico, cantor e compositor americano. E para você que não o conhece: ele é gay. Wrabel compartilha seus sentimentos em suas músicas de forma bela e forte conquistando espaço nos veículos de comunicação aclamados pela música desde 2014.

Em 2017, ele não apenas lutou por uma causa, mas também emocionou muitos com o lançamento de "The Village". A urgente e poderosa música foi desencadeada após Trump divulgar a proibição da entrada transgêneros nas Forças Armadas dos EUA e a retirada das proteções federais para estudantes trans em escolas públicas. Com isso, a faixa foi liberada dois dias após o acontecimento.


No Spotify, a música ultrapassa a marca de 6 milhões de execuções e no YouTube, o clipe oficial que nos leva à jornada das lutas dolorosas da família e da escola de um adolescente trans, emocionalmente e belamente retratado pelo ator trans August Aiden se aproxima de 2 milhões de visualizações.

No ínício da música, Wrabel fala sobre jovens trans que não são aceitos por suas famílias e a notícia pode ser tão arrasadora que acabaria na morte de alguém, por isso eles pedem para que ele se adeque ao papel que lhe foi atribuído, ao gênero que eles querem que ele seja pois isso é apenas "uma fase" e que isso vai passar.

Não, sua mãe não entende
E seu pai não entende
Tio John não entende
E você não pode contar para sua avó
Porque o coração dela não aguentaria
E ela pode não sobreviver
Eles dizem: Não se atreva, nem pense em
Cortar seu cabelo comprido
Você faz o que lhe dizem
Diga a eles: Acordem, façam sua maquiagem
Isso apenas uma fase que você vai superar

No refrão, ele mostra, na primeira linha, uma ambiguidade. O "algo errado" é a pessoa trans, como eles são percebidos por aqueles que os rodeiam, ou as atitudes da sociedade. Depois de garantias de que "não há nada de errado com você", a linha muda para "algo errado com a aldeia" removendo qualquer dúvida sobre quem está certo.

Há algo de errado na aldeia
Na aldeia, oh
Eles olham para a aldeia
Na aldeia, oh
Não há nada de errado com você
É verdade, é verdade
Há algo de errado com a aldeia
Com a aldeia
Há algo de errado com a aldeia

Na estrofe seguinte, Wrabel comenta sobre os "amigos" que o julgam com base no que eles vêem: uma andrógina vestida de "garota", talvez uma lésbica, e eles se recusam a interagir com "ela". Eles falam atrás de suas costas, ele está dolorosamente consciente disso. O sábado é o único dia em que ele não lida com o julgamento, porque no domingo, sua família pode arrastá-lo para a igreja para o pastor "orar por sua alma", ou a igreja simplesmente o envergonha, tornando isso um inferno para si.

Sinta que os rumores o seguem de segunda-feira até o jantar de sexta-feira
Você tem um dia de abrigo, então é domingo o inferno para pagar, você jovem perdeu pecador
Bem, eu estive lá, sentado na mesma cadeira
Sussurrando a mesma oração meio milhão de vezes
É uma mentira, embora enterrada em discípulos

O canto ainda diz aos ouvintes que ele já esteve lá e que lhe foi as mesmas barbaridades fazendo-o orar, pedindo uma direção "certa", mas ele diz que rezar não faz nada. Oração não altera sua identidade de gênero ou sexualidade.

Uma página da Bíblia não vale a pena uma vida

Esta linha fala sobre como a religião tem criticado por muito tempo a sociedade, em vez de deixá-la abraçar é a verdadeira beleza. Na Bíblia, afirma-se que o homem não deve mentir com outro homem, que incitou a homofobia desde o início. Todos devem ser autorizados a abraçar quem são, independentemente de suas práticas, crenças ou identidade sexual.



Descobri essa música ontem (01/02) durante uma pesquisa rápida no YouTube e está em replay infinito até hoje alcançando o topo de minha reproduções. Já adicionei a música na minha playlist do Spotify, confira!

Compartilhe:

0 comentários